Eu, eu mesmo e uma Consoante.

Substantivos não competem… Eles se ajudam… Dão a mão uns aos outros. Mas não posso dizer o mesmo dos Pronomes. Vivem em pé de guerra… Saca? Ninguém sabe quando ser EU, TU, ELE, NÓS, VÓS ou ELES.

Digo isso por aqui porque conheci uma consoante amiga de duas vogais que eu conheço. Uma consoante única, diferente, mas que não parece estar completa… Parece estar cansada de tanto egoísmo de tantos “Eu’s” e poucos “Nós”. Ela é simples, prática. Gosta de coisas únicas e se possível colocaria um acento qualquer só para dizer que pode. Eu gosto dela… Acreditem… Apesar de ser um substantivo escaldado eu sei dá valor quando vejo coisas que valem a pena serem postas em letras MAIÚSCULAS.

Eu não sei bem o que fazer agora que conheci tal consoante. Posso seguir minha vida de substantivo comum ou posso arrumar um complemento, um adjunto, algo para fazer parte também. Confesso ter gostado, sabe aquela sensação de que vocês se conhecem há tempos, mas na verdade nunca dividiram uma frase sequer? É isso.

Geraldo DeLima – Substantivo Homem

  1. uiiii…n vou mentir q tb to nervosa de comentar aq depois de um txto desse!, super responsa!!!
    mas vamos la…

    Dentre tantas analises morfosintaticas das coisas da vida a pouco tempo chegou um certo substantivo assim de repente em uma das minhas oraçoes q ate então pareciam ser coordenadas, ele a misturou e a tornou mais bela ainda, e confesso q n sou de aceitar substantivos assim do nada mas este me pareceu n ser um mero substantivo comum ele tinha o seu q de próprio.

    Xeruuuu

    =*

  2. Hummm! Substantivos, consoantes, adjetivos, vogais e todo o resto da “gramaticada” à parte, adorei o blog.
    Cá entre nós, o HOMEM substantivo de ser nunca foi de me agradar muito, já que os adjetivos aos quais eu o podia relacionar nunca foram de um âmbito muito, digamos que, decente…
    Mas, se em um processo incandescente o inocente foi possível, não é a mim que cabem julgamentos ou, tampouco, fazer um ar previsível. Pois gosto de cores. Das claras, das raras, das não tão caras. Dos tons neóns dos meus batons.
    Sim, amo a cor depois que virei amor. Mas amo também as palavras. Com o nada que tenho e o tudo que sou. Palavras me dão calos nas mãos. Bocas me dão palavras em todos os lugares, de todas as formas, sem conceitos ou pré-conceitos.
    E se o substantivo HOMEM deixar de ser apenas um canal, e tornar-se algo real, lembrar-me-ia sem medo, do dia que deixei a blusa amarela no varal: Vai chover ou fazer Sol?
    Surreal.

    • Demi Lovato
    • 11 novembro, 2008

    eu odeio vcs desse site e a lingua portuguesa desse site

    • tenho uma pergunta
    • 24 março, 2009

    Olha cohver e um substantivo ?

    • tenho uma pergunta
    • 24 março, 2009

    chover e uma substantivo ?

  1. 8 maio, 2008

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: