“Cara de Pau” e A Chernobyl do meu Peito

Estou procurando um método eficaz de trazer a tona certos atributos que andavam perdidos. Um deles é a “cara de pau”.

E deixemos todos os sensacionalismos de lado agora. Todos sabem afinal, que se faz necessário nos dias de hoje possuir uma bela cara de pau, lustrada com “óleo de peroba” e se possível de madeira da pior qualidade. Não dá simplesmente para viver, e receber, de todos os: “conviventes”, “ficantes”, “displicentes”, “atraentes”, “militantes”, “me deixa sem ar”, “me faz delirar”, “sexo por sexo” e “os que me fazem chorar” sendo o mesmo cara fraco que me fiz ser depois do que aconteceu na Chernobyl do meu peito.

É da “Cara de Pau” que preciso. É disso que sinto falta. Saber o que fazer quando no mesmo carro que você pegou carona está aquele tipo de garota que te deixa louco e você sabe EXATAMENTE o que fazer, mas NÃO TEM a “Cara de Pau” necessária pra tomar uma atitude. Dá risada alta sem se preocupar se vão te achar ridículo ou coisa parecida. Usar aquela cantada barata junto de um sorriso verdadeiro que sei fazer como ninguém. Fazer com que as pessoas comentem como você tem cara de menino “pidão” e saber intensificar essa cara mais e mais.

É disso que eu falo… É disso que sinto falta… Da minha “Cara de Pau”.

Acredito que todo mundo tem uma “cara de pau” como eu tinha, e também acredito que muita gente também perdeu essa “cara de pau”. E ainda aposto com quem quer que seja como o causador dessa perda foi o tal do amor.

Aprendi umas coisas com esse tal do amor:

– É a maneira mais fácil de modificar alguém mesmo que todos digam que não vão mudar.
e
– É depois dele que vemos que não é tão fácil seguir em frente, mesmo que consigamos.

Por isso peço a Deus minha “Cara de Pau” de volta… Só assim talvez eu consiga sobreviver a essa tal de Chernobyl do meu peito.

  1. hum, eu nao tenho cara de pau..
    não, não eu nao a perdi por causa do amor, eu so nao aprendi a ter.
    hauihaohauhuoahui
    beijos

    • desajustada
    • 30 julho, 2008

    qual é? essa chernobyl foi mesmo uma catastrofe!!! volta, espero q se recupere dela loogo!

    beijos

    • Odara
    • 20 agosto, 2008

    Eu tb já perdi minha cara de pau há algum tempo. Foi com o passar dos anos que ela foi apodrecendo, e digo pra ti, que me sinto muito bem sem ela! Mesmo sem amor, prefiro ter minha cara assim, lavada!
    Gostei do texto!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: